16.5.15

Leitura

Nenhuma leitura merece tanta desconfiança quanto aquelas que nos corroboram.